Eu curto isso de recomeçar, de sempre ter mais chances do que normalmente eu me daria. Sabe como é, começar de novo é uma inesgotável fonte de oportunidades. Recomeço é clareza para eu acreditar que nem sempre é comigo, para eu diminuir o meu ego e ver o que está na minha frente pra ser visto, para eu entender que, de qualquer jeito, está tudo bem também.

Recomeço é me permitir mudar quantas vezes eu quiser, pra onde eu quiser e com quem eu quiser. Não é lindo pensar que a minha versão sempre pode ser atualizada? Eu não preciso continuar seguindo o mesmo caminho só porque a trilha é confortável e tem vista para o mar. Eu posso continuar escolhendo – desde de que seja pra seguir em frente.

Eu curto isso de recomeçar, de escolher diferente, de abrir espaço para a vida me surpreender. Acho importante considerar o meu ponto de vista e questionar o que o universo me grita. Consciência é a palavra chave de qualquer recomeço. Depende de mim escolher a benção que cada desafio pode me trazer e se irei usar a meu favor o que a vida joga no meu colo.

Recomeço nada mais é do que ser aquela metamorfose ambulante, sempre em transformação. É pegar um pouco das mágoas e dosar o quanto eu consigo carregar. É tirar um pouco da expectativa criada a cada dia e abrir espaço para eu não tentar controlar tudo o tempo todo. Recomeçar é transformar a minha dor em poesia.

Eu curto isso de recomeçar, de entender que é minha escolha sorrir ou chorar. É que às vezes eu desisto fácil. Desisto de mim, do que quero e de como vejo o mundo. Desisto de fazer a minha voz valer e de saber quando devo falar. Também cansa isso de permanecer quebrada e de esperar que as coisas se resolvam sozinhas ou que resolvam pra mim.

Recomeço é viver conforme a minha alma pede. É remendar o meu coração e limpar a minha mente das ilusões que eu mesma crio. Recomeçar nada mais é do que confiar na minha força para desconsiderar o desnecessário e focar no que me faz bem. Eu curto isso de recomeçar, de seguir me amando dia após dia. Essa é a maior ferramenta que tenho pra ser feliz.

Aquela que fez da escrita o próprio divã. Crítica da vida alheia nas horas vagas. Curte um bom texto, vinho e jogar conversa fora. É viciada em paçoca e risadas. Tem coração bobo, cabelo pintado e desastres acumulados na cozinha. Atualmente mora em Sydney – Austrália.

8 comments on “Eu curto isso de recomeçar”

  1. Que publicação linda.. e penso como vc.
    É tão bom saber que posso ser quem eu quiser, quantas vezes eu quiser hahahahaha
    Amo recomeços, mesmo que isso traga inseguranças, medos e sofrimentos. Vejo sempre como algo bom =D

    Beijos e boa semana

  2. « Abrir espaço para a vida me surpreender »
    Demais! Uma mistura de confiança na vida e de responsabilidade, pq somos nós que decidimos abrir esse espaço ou não. Adorei 🙏🏼🤗

  3. E o mais importante, amiga, nunca é tarde para isso, para recomeçar.
    Tem um cara muito massa que diz que “não importa o quão longe você está num caminho que não te agrada, você sempre pode dar meia volta”.
    Recomeçar é a essência da vida.

    Linda!!!
    mil beijos <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *