É só o ex da amiga estar namorando pra chover mensagens no whatsapp: “ela é uma vaca!”, “ela se veste mal”, e a clássica “ela é gorda”. Concordo, é divertido falar mal da nova gatinha do ex, faz bem pro ego. Mas no fundo, bem lá no fundo, estamos nos enganando. Acredito que quando você critica intensamente e de forma integral a atual do ex, mostra o quanto você está na pior. Ok, tá liberado falar uma vez ou outra. Mas tenha dó: acordar e ir dormir praguejando a coitada, só torna você pior do que ela. #prontofalei

Na verdade quando você fala mal, você só quer gritar para o mundo o quanto você é melhor. Ou pelo menos, repetir isso até que você mesma acredite. Por que alguma coisa ruim a gatinha precisa ter? Ela é inocente nesse história. Vocês não tão mais juntos, ele tá com ela, você tá soltinha que nem arroz, e segue o jogo. Sim, eles realmente podem estar super afim um do outro. E não tem mais espaço pra você. Conforme-se.

É hora do tchau

Faz sentido que isso seja muito pesado de enfrentar. Então, principalmente as mulheres, criam aquele clichê clássico de ser o centro do universo dos relacionamentos do ex – a máxima da infantilidade. Crescer e se mostrar para o mundo é, muitas vezes, admitir e se conformar que o mundo não gira a tua volta, que caminhos podem ser seguidos sem que você esteja presente e que, acima de tudo, você sempre será substituível.

Volta e meia o ex vai lembrar de você. A história que vocês viveram não será esquecida. Apenas seguirá sendo escrita com outros personagens. Você será como um dos tantos em Game of Thrones, morta mas lembrada. Mas ainda dá tempo de você escolher ser lembrada como uma Stark boazinha ou um Lannister maldoso.

Na maioria dos casos isso tudo é só inveja, aquela famosa dor de cotovelo. E inveja faz mal e dá rugas. Tudo bem, nunca em um relacionamento os dois decidem terminar ao mesmo tempo. Sempre um sai mais ferido que o outro. Mas recomponha-se, assuma que talvez a atual tenha mais do que uma barriguinha ou um estilo de vida alternativo e siga em frente. Deixe a fila andar para você também. Pare de querer ser a mais querida pela família dele, a melhor de cama que ele já teve ou a mais divertida que os amigos dele já conheceram. Talvez agora chegou a vez dela ser tudo isso – independente do que você pense a respeito. E pra você sobrou a hora de dar tchau.

Uma louca que fez da escrita o próprio divã. Crítica da vida alheia nas horas vagas. Curte um bom texto, vinho e jogar conversa fora. É viciada em paçoca e risadas. Tem coração bobo, cabelo pintado e desastres acumulados na cozinha. Atualmente mora em Sydney – Austrália.

4 Comments on Hora de dar tchau

  1. Amiiiiiiiga que demais!!
    Amei o texto!!! SUPER VERDADE!!
    A gente sempre gosta de botar defeitinhos, mas tem certas pessoas que não tem “SEMANCOL”.
    Enfim.. amei amei amei….
    não pare de escrever por favor.
    beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *