Grace and Frankie: a Netflix acabando com a minha vida social

Conhece Grace and Frankie? Essa é mais uma série original da Netflix com uma história muito divertida e um humor inteligente beeem gostosinho! Basicamente, é isso: a Grace (Jane Fonda) e a Frankie (Lily Tomlin) não se dão muito bem e seus maridos, Robert (Martin Sheen) e Sol (Sam Waterston) trabalham juntos e se dão muuuito bem, mas assim, bem demais: eles se apaixonaram e querem morar juntos… (mais…)

Temos mania

Temos mania de fazer escândalo. Os tímidos que nos desculpem, mas adoramos rir e falar alto. Somos assim, intensas e exageradas desde sempre. Adoramos um drama. Curtimos mesmo chorar de tanto rir, perder o fôlego por uma piada besta, rir pra não chorar. Somos extremistas focadas em sentir, não importa o que. Claro que, quando possível, deixamos a alegria predominar. Podemos não estar sempre prontas ou acompanhando as tendências, mas animação por aqui não nos falta.  (mais…)

Top 5: tendências que estão em alta nesse inverno

Quem deu uma olhada com atenção nas coleções de inverno já percebeu que alguns estilos se repetem em várias marcas. Com releituras diferentes e propostas mais ou menos ousadas, determinadas peças marcam presença nas araras de todas as lojas.

Aproveitei o final de semana para dar uma volta no shopping e selecionei as cinco tendências que mais se repetiram nas vitrines. Palpites? (mais…)

Eu sempre precisei de certezas

Eu sempre precisei de certezas. Eu sempre precisei ter tudo sob controle e planejado. E por muito tempo qualquer desvio do plano era quase fatal pra mim. Eu não tolerava mudanças e não tolerava ser contrariada – ok, ainda não tolero. Mas o ponto é que ser alguém com a característica de não lidar bem com alterações no percurso, é muito complicado. Quero dizer, o mundo não para de girar só porque a gente precisa de um descanso ou não está contente. E a vida não espera você decidir outro caminho e se reorganizar. Estar sem planejamento nunca foi uma opção pra mim, até agora. (mais…)

Finalmente amadurecemos

[Leia ao som de: Don’t stop me now]

Não acho que seja pela idade, mas com o passar dos dias e experiências finalmente amadurecemos. As vezes demora mais para alguns do que para outros, mas esse dia sempre chega. Então passamos a considerar mais a nossa própria vontade – sem que isso signifique desrespeitar o próximo. Deixamos pra trás todo o ensinamento errôneo que nutrimos durante anos, e mantemos apenas o que nos faz bem. Mas acima de tudo, paramos de esperar para sermos melhores.  (mais…)