Tag: Relacionamento

O que poderia ter sido e não foi

Eu gosto de pensar no que poderia ter sido e não foi. Mesmo que não adiante ou não mude o que aconteceu. Eu gosto dessa brincadeira de me remoer pelo que não tem volta. É assim que a minha cabeça me obriga a seguir em frente – até eu cansar. E somente quando penso no que nunca vamos significar, é que eu entendo o quanto um quase incomoda. (mais…)

Aquela que fez da escrita o próprio divã. Crítica da vida alheia nas horas vagas. Curte um bom texto, vinho e jogar conversa fora. É viciada em paçoca e risadas. Tem coração bobo, cabelo pintado e desastres acumulados na cozinha. Atualmente mora em Sydney – Austrália.

Acredita que eu cheguei a acreditar?

Acredita que eu cheguei a acreditar que você era o cara? E antes mesmo de perceber que algo aconteceu, você tinha ido embora. Sem despedidas ou justificativas – só a tua falta ficou. Bom, a tua bagunça também, além do vazio de chegar em casa e não ter ninguém pra me ouvir falar sem parar sobre o meu dia. (mais…)

Aquela que fez da escrita o próprio divã. Crítica da vida alheia nas horas vagas. Curte um bom texto, vinho e jogar conversa fora. É viciada em paçoca e risadas. Tem coração bobo, cabelo pintado e desastres acumulados na cozinha. Atualmente mora em Sydney – Austrália.

Para de me olhar e tentar entender o que não foi dito

Para de me olhar e tentar entender o que não foi dito. Eu sei que parece que eu tenho tudo sob controle e sei o que tô fazendo. Mas cara, tenho ideia não do que está acontecendo ou vai acontecer. Eu sou assim, faço cara de quem sabe o que faz, que sente o que diz e pensa antes de falar. Mas cê precisa saber que eu sou tudo, menos controle. (mais…)

Aquela que fez da escrita o próprio divã. Crítica da vida alheia nas horas vagas. Curte um bom texto, vinho e jogar conversa fora. É viciada em paçoca e risadas. Tem coração bobo, cabelo pintado e desastres acumulados na cozinha. Atualmente mora em Sydney – Austrália.

Eu queria poder te esquecer

Eu queria poder te esquecer da mesma forma que você me esqueceu. Esquecer mesmo, parar de pensar e lembrar todos os dias que você se foi. Eu queria acordar e não ter você como o primeiro pensamento da manhã. Já pensou o quão livre eu seria só de enfrentar os meus dias sem desviar a minha mente pensando em você? (mais…)

Aquela que fez da escrita o próprio divã. Crítica da vida alheia nas horas vagas. Curte um bom texto, vinho e jogar conversa fora. É viciada em paçoca e risadas. Tem coração bobo, cabelo pintado e desastres acumulados na cozinha. Atualmente mora em Sydney – Austrália.

Você não é tão especial assim

Você não é tão especial assim – e não tem outro jeito de dizer. Não que você não tenha sido, mas já resolvemos as nossas pendências, não? Achei que a minha verdade te agradava, mas a tua verdade só me magoou. Eu sei que massageei o teu ego até não poder mais e agora você anda por aí com o peito estufado achando que é o melhor cara do mundo. Mas sério, para porque tá feio. (mais…)

Aquela que fez da escrita o próprio divã. Crítica da vida alheia nas horas vagas. Curte um bom texto, vinho e jogar conversa fora. É viciada em paçoca e risadas. Tem coração bobo, cabelo pintado e desastres acumulados na cozinha. Atualmente mora em Sydney – Austrália.

Você mexeu com a minha poesia

Você mexeu com a minha poesia. E eu não consigo explicar de uma forma diferente. Se me perguntarem, prefiro não responder. É sutil demais pra colocar em palavras, sabe? Eu estava lá, de boa, achando que cuidava da minha vida sem ninguém me notar, e eu te vi. Ou você me viu. Não sei quem viu quem, mas bateu né? (mais…)

Aquela que fez da escrita o próprio divã. Crítica da vida alheia nas horas vagas. Curte um bom texto, vinho e jogar conversa fora. É viciada em paçoca e risadas. Tem coração bobo, cabelo pintado e desastres acumulados na cozinha. Atualmente mora em Sydney – Austrália.

Se me perguntarem

Se me perguntarem eu vou mentir. Pensei em dizer que não tenho medo e que você não me causa efeito algum. Pensei até em fazer pouco de ti. Vai que assim eu consiga disfarçar esse elefante branco entre a gente? Vai que assim eu consigo esconder um pouco da minha intensidade? Eu vou mentir sim, e esconder o que eu sinto, como eu sinto e o quanto eu sinto. (mais…)

Aquela que fez da escrita o próprio divã. Crítica da vida alheia nas horas vagas. Curte um bom texto, vinho e jogar conversa fora. É viciada em paçoca e risadas. Tem coração bobo, cabelo pintado e desastres acumulados na cozinha. Atualmente mora em Sydney – Austrália.

Você me quebrou, sabia?

Você me quebrou, sabia? E agora ficou toda essa bagunça pra eu resolver. Nem sei por onde começar. Tem pedaços meus espalhados pela casa junto com o seu perfume. Se eu ficar quieta ainda consigo ouvir o som da sua voz e o barulho do meu coração quebrando. Não faz sentido ajoelhar e me cortar com os meus próprios pedaços. E ainda assim, cá estou. Então me diz, onde você está se não aqui? (mais…)

Aquela que fez da escrita o próprio divã. Crítica da vida alheia nas horas vagas. Curte um bom texto, vinho e jogar conversa fora. É viciada em paçoca e risadas. Tem coração bobo, cabelo pintado e desastres acumulados na cozinha. Atualmente mora em Sydney – Austrália.